Events Português

COP27 – Uma Nova Esperança

COP27
COP27, de 6 a 18 de Novembro de 2022

A 27.ª Convenção das Nações Unidas sobre a Mudança do Clima, COP27, decorre de 6 a 18 de Novembro de 2022 em Sharm el-Sheikh, no Egito.

A Herdade das Templárias lembra que dos 190 países que assinaram o último acordo do clima, apenas 23 cumpriram o estabelecido. Lembra ainda que o objectivo na Cimeira do Clima de Paris (COP21), realizada em Dezembro de 2015, era impedir que as temperaturas globais subam além de dois graus celsius em relação à época pré-industrial e trabalhar para que esse aumento ronde os 1,5 ºC. Sete anos passados sobre o Acordo de Paris, assinado por praticamente todos os países do mundo, não só não foram reduzidas as emissões de dióxido de carbono para a atmosfera, como estas emissões nocivas continuam a bater drasticamente recordes no sentido mais agressivo e violento do fenómeno.

Os gases com efeito de estufa são assim chamados porque absorvem uma parte da energia e calor dos raios solares e os distribuem pela atmosfera, evitando que escapem para o espaço. Quando a temperatura aumenta, as massas de gelo derretem e o nível do mar sobe, bem como a desertificação intensifica-se e os desastres naturais, como furacões, entre outros, tornam-se mais frequentes. Em apenas trinta anos, duplicou a subida do nível das águas do mar. Os últimos oito anos foram os mais quentes registados na história.

Cabe ainda lembrar que, consagrando na legislação a meta de alcançar uma União Europeia (UE) com impacto neutro no clima até 2050, a Lei Europeia do Clima, em vigor desde 2021, estabelece que a Europa seja o primeiro continente a atingir zero emissões líquidas de gases com efeito de estufa. Aliás, a Lei do Clima está em linha com o objetivo definido no já referido Acordo de Paris.

O propósito da COP27 é bastante claro: pede-se aos Governos que revejam as suas contribuições de redução de gases com efeito de estufa (GEE), e que invistam também na mitigação, adaptação e apoio a países menos desenvolvidos. Como problema mundial que é, a questão das alterações climáticas exige que todos os países do mundo trabalhem em colaboração, sendo que, os países pobres esperam ser compensados pelos danos causados pelos países mais industrializados. Infelizmente, na verdade pouco mais de 10% do acordado é realmente posto em prática.

As Nações Unidas renovam o apelo a medidas urgentes para conter as alterações climáticas e travar o aquecimento global.

Por seu turno, a Herdade das Templárias realça uma vez mais o seu vínculo em matéria de meio ambiente, reafirmando, convictamente, que os objectivos do adiantamento ambiental só se alcançam com a partilha de responsabilidades entre todos. Todos temos o direito ao equilíbrio climático e o dever de o proteger, preservar, respeitar e salvaguardar.

Saiba mais acerca da Directiva Ambiental da Herdade das Templárias.

The Herdade das Templarias is a homestead located on the relaxing bank of the Zêzere River (Castelo de Bode), in the Portuguese district of Santarém / La propriété Herdade das Templarias est située sur la rive de la rivière Zêzere (Castelo de Bode), dans le district de Santarém, au Portugal.